Informação sobre a edição do curso

Inscrever nesta edição Todas as edições Pedir contacto
  • HorárioPós-laboral
  • Duração25.0 horas
  • Início11/10/2022
  • Fim10/11/2022
  • Local de FormaçãoFormação a Distância (FAD)

    -
  • Datas de Realização

  • Condições de Inscrição

    Situação face ao emprego:

    A - Se Ativos empregados:
    1. Trabalhadores por conta de outrem (cópia de recibo de vencimento do último mês).
    2. Trabalhadores por conta própria (declaração de abertura de atividade + cópia de RVE).
    Os ativos empregados devem ter mínimo de escolaridade obrigatória (do 1º ciclo ao 3º ciclo completo)

    B - Se Ativos desempregados:
    1. Inscritos há menos de 12 meses no IEFP, a procura de novo emprego.
    2. Necessário apresentar comprovativo de inscrição no Centro de Emprego.
    Os Ativos desempregados devem ter habilitação mínima do ensino secundário

    A ou B: Em ambas as situações os formandos deverão apresentar:
    3. Certificado Escolar / certificado de habilitações.
    4. Comprovativo de morada fiscal – declaração extraída do site da AT ou recibo de vencimento se tiver a morada).

  • Área de Formação

    Serviço de Apoio a Crianças e Jovens

  • Observações

    Referencial de formação: 761361 - Cuidador/a de Crianças e Jovens (nível 2)

  • Conteúdos Programáticos

    • Estratégias interativas com a criança e jovens
    • Crianças e jovens com dificuldades alimentares
    o Condições médicas
    o Problemas oro-motores (mastigação/deglutição)
    o Sensibilidade oral
    o Seletividade alimentar
    o Diferentes vias de alimentação
    o Necessidades nutricionais específicas
    • Cuidados de higiene e bem estar para crianças e jovens com mobilidade reduzida
    • Higiene da pele
    • Posicionamento

  • Avaliação

    A - Avaliação (contínua) da aprendizagem e comportamento dos formandos (ao longo de todas as sessões) (50%): Motivação; Participação; Relações Interpessoais; Trabalho em equipa/adaptação a uma tarefa.
    B - Avaliação final (sumativa) de resposta a ficha pedagógica:

    Para o alcance de aproveitamento os formandos devem cumprir o critério "Assiduidade e Pontualidade” (Comparecem às horas marcadas e cumprem o horário da formação, no mínimo de 90% da duração da ação. Em casos excecionais esta percentagem pode ser revista desde que aplicadas medidas de recuperação)".

    C - Avaliação de reação (formandos e formador) – aplicação de questionário de avaliação de reação (última sessão).

  • Formador(es)

    • Isabel Tavares

    • (Isabel Tavares, n. 1960). Professora de Educação Especial no Agrupamento de Escolas de Lourinhã. Licenciada em Geografia. Especialização em necessidades educativas especiais de carácter permanente e do domínio cognitivo e motor. Mestrado em educação especial. Formadora do Centro de formação de Escolas de Torres Vedras e de Lourinhã. Mãe de 3 filhos e avó de 5 netos.


  • Metodologia

    A formação recorre essencialmente ao método interrogativo, expositivo e ativo:
    - Identificação de situações problema pelos formandos, tendo por base situações que ocorrem nas suas entidades e análise das melhores estratégias de intervenção.
    - Apresentação de estudos de caso mais representativos no contexto de atuação das creches e jardins de infância com desenvolvimento de estratégias específicas em grupos de trabalho e apresentação e reflexão em conjunto.
    - Análise de vídeos exemplificativos das situações problema e das estratégias de intervenção.
    - Partilha e reflexão de experiências práticas dos formandos.

Inscrever nesta edição Todas as edições Pedir contacto